Este livro se caracteriza como resultado de uma pesquisa etnomusicológica e histórica do músico recifense Walter Wanderley (1932-1986), conhecido como representante da Bossa Nova. Organista, pianista, arranjador e compositor bissexto, Walter Wanderley lançou dezenas de discos por gravadoras como Odeon, Philips, a norte-americana Verve e muitas outras, tanto como instrumentista e arranjador para cantores e cantoras, quanto como em discos de trabalho solo instrumental. Mesmo com uma produção discográfica tão robusta, Walter Wanderley parece ter sido esquecido pela maioria dos registros da História da Música Popular Brasileira. Este livro tenta ajudar a compreender de que forma esse sucesso aconteceu predominantemente apenas fora de seu país de origem e as razões pelas quais seu nome foi praticamente omitido pela historiografia e por importantes referências da Bossa Nova. Como aconteceu sua atuação em outros gêneros como Samba, Bolero, Sambalanço e Sambajazz, que se mostram muito mais presentes em sua obra do que a própria Bossa Nova, gênero pelo qual o artista passou a ser rotulado como representante, principalmente após sua morte. O livro traz uma contribuição na construção do conhecimento para a Etnomusicologia, Musicologia e outras áreas de estudo da Música Popular Brasileira nas suas relações com a indústria cultural e com os aspectos entre Memória e Esquecimento.

Walter Wanderley: o “bossa nova” esquecido

R$ 80,00 Preço normal
R$ 59,90Preço promocional
  • Fernando Torres

Amadeus Business Tower, Av. do Contorno, 6594 - 7º andar, sala 701 - Savassi, Belo Horizonte - MG, 30110-044

Seguir

©2020. Editora Dialética. All rights reserved.