A presente obra trata da viabilidade da revitalização da Avenida W3 em Brasília por meio de Operações Urbanas Consorciadas (OUCs). Trata-se da primeira avenida da Capital e principal eixo de transporte público dentro da área tombada do Plano Piloto de Brasília. Possui relevante valor histórico e grande potencial comercial-gastronômico-laboral. No entanto, desde meados da década de 1990, iniciou-se um processo de decadência da avenida que persiste até os dias atuais, evidenciado a partir do(a): fechamento de 42% do total de suas lojas, calçadas danificadas, prédios degradados ou abandonados, iluminação e na segurança precárias. Isso tudo justifica a discussão de soluções voltadas à implementação de políticas públicas capazes de promover a renovação e readequação da Avenida W3 a um padrão urbano contemporâneo e funcional.  Com efeito, as Operações Urbanas Consorciadas (OUCs), parcerias público-privadas lato sensu, surgem como possível solução de implementação de um Plano de Revitalização da Avenida a partir da cooperação entre os proprietários de imóveis na região, o poder público local e futuros empreendedores. Adota-se, como ponto de partida para um futuro plano de OUC para a W3, o Projeto Modelo de Requalificação para o SCRS: Vias W3 e W2 Sul- SCRS Quadras 511/512, elaborado pela Secretaria de Estado de Gestão do Território e Habitação (Segeth), considerando-se a sua replicação ao longo de toda via. Propõe-se ainda uma análise sob o enfoque do ciclo de políticas públicas a fim de apreciar os impactos da(s) OUC(s) no orçamento público, bem como os benefícios que podem ser proporcionados à população diretamente afetada. Tem-se em conta também a proteção do patrimônio histórico-cultural, bem como a incorporação de conceitos smart nesse espaço urbano.

Revitalização da Avenida W3 em Brasília

R$ 70,00 Preço normal
R$ 59,90Preço promocional
  • Tatiana Reinehr de Oliveira

Faria Lima Corporate, Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4509, 8º andar, São Paulo/SP, 04545-000.

Seguir

©2020. Editora Dialética. All rights reserved.