Esta dissertação apresenta uma análise da institucionalização da Igreja Católica no território que hoje corresponde ao Estado do Paraná. O período estudado desdobrou-se entre os séculos XVII, quando são fixadas as primeiras paróquias, e os finais dos Oitocentos, quando foi criada a Diocese de Curitiba, em 1892, até a posse de seu primeiro bispo, em 1894. A expansão portuguesa e a expansão da Igreja aconteceram de forma simultânea em função do instituto do padroado, que permaneceu até a Proclamação da República no Brasil. Através desse mecanismo, o Império Português tornou-se o mecanismo de proliferação da fé católica, assim como a Igreja tornou-se o braço de sustentação da expansão colonial portuguesa. Para dar conta desse amplo processo, através dos estudos bibliográficos e a análise de fontes, o estudo abrangeu a institucionalização da Igreja na América Portuguesa, indicando as diversas circunscrições religiosas a que essas terras foram submetidas para depois acompanhar os desdobramentos da Diocese de São Salvador até surgir a Diocese de Curitiba, desmembrada da Diocese de São Paulo.

Pastoreio de Almas em Terras Brazilis

R$ 70,00 Preço normal
R$ 59,90Preço promocional
  • Lizandro Poletto

Amadeus Business Tower, Av. do Contorno, 6594 - 7º andar, sala 701 - Savassi, Belo Horizonte - MG, 30110-044

Seguir

©2020. Editora Dialética. All rights reserved.