Quem criou o mal? Qual o propósito da existência do mal? Que o mal “existe” isto é inegável, mas como ele passou a fazer parte da natureza do homem? Qual é a fonte de sua manifestação? Foi Deus quem criou o mal? Mas Deus criaria algo que é totalmente oposto a Ele? Então foi o “diabo” quem criou o mal? Mas o “diabo” tem poder de criar? O que é o mal exatamente? E, em uma perspectiva espiritual, como Deus tratou (sentenciou) o mal? A partir de uma única semente, que está dentro do homem, é que nascem os frutos do mal, que são: as contendas, as mentiras, o engano, as inimizades, a inveja, a falta de perdão, o ódio, as disputas, a corrupção, a exclusão, o preconceito, as traições, a violência, o furto, o roubo, o homicídio... Ou seja, todo mal que existe, tem sua origem em uma única semente que, constantemente, é nutrida pelo próprio homem. Mas a pergunta é: podemos nós impedir que essa semente continue a produzir os seus frutos em nós. Digo que sim, é possível, basta você conhecer a origem do mal em você e deixar de nutrir essa semente e passar a cuidar da outra semente que há em você. Há duas sementes em nós, àquela que nutrirmos, produzirá os seus frutos. Todo mal que praticamos tem uma única origem e, esta origem, está dentro de nós. Busque conhecer, sem o conhecimento do seu inimigo, você nunca o vencerá. Você acredita naquilo que você mesmo construiu por meio de pensamentos que foram estruturados a partir de um conhecimento. Desta forma, se você recebeu um conhecimento ou informação errada, você pode está acreditando no errado pensando está certo. Confronte aquilo que você conhece.

A origem do mal

R$ 70,00 Preço normal
R$ 49,90Preço promocional
  • William Vitor Fernandes Leal

Amadeus Business Tower, Av. do Contorno, 6594 - 7º andar, sala 701 - Savassi, Belo Horizonte - MG, 30110-044

Seguir

©2020. Editora Dialética. All rights reserved.