A leitura de textos filosóficos é indispensável como instrumento pedagógico para a construção do filosofar e do desenvolvimento das competências leitoras dos discentes no ensino da filosofia no sistema educacional brasileiro, assim como para a formação dos mesmos. É possível aprimorar, ou ao menos reduzir as barreiras no tocante às dificuldades e estranhamentos que os educandos tem com a leitura de textos filosóficos, proporcionando um procedimento metodológico, cuja aplicação se manifesta através da leitura do texto do Sumário do Tratado da Natureza Humana de David Hume, como proposição de um guia de orientação para docentes e discentes do ensino médio ler, compreender e interpretar textos filosóficos. Neste sentido, a importância da leitura de textos filosóficos e sua utilização em sala de aula é definida nas finalidades previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, onde versa sobre “o aprimoramento do educando como pessoa humana, incluindo a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico.” (BRASIL, 1996, Art. 35, Inciso III, p. 28). Assim, o ensino de filosofia constituído nessa perspectiva, pode melhorar e promover o desenvolvimento das competências e habilidades leitora para a formação dos estudantes. Esse é um dos mais importantes compromissos dos educadores, com a formação dos educandos, no sentido de formar bons indivíduos enquanto pessoa humana na escola, na sociedade e para a vida. Isso implica na capacidade de ensinar, quando deixa claro as finalidades específicas do ensino médio, onde estão exposto as competências e habilidades a serem desenvolvidas no ensino da filosofia: “ler textos filosóficos de modo significativo; ler de modo filosófico, textos de diferentes estruturas e registros; elaborar por escrito o que foi apropriado de modo reflexivo; debater, tomando posição, defendendo-a argumentativamente e mudando de posição face a argumentação mais consistente; articular conhecimento filosóficos e diferentes conteúdos e modos discursivos nas Ciências Naturais e Humanas, nas Artes e em outras produções culturais; contextualizar conhecimentos filosóficos, tanto no plano de sua origem específica, quanto em outros planos: o pessoal-biográfico; o entorno sócio-político, histórico e cultural; o horizonte da sociedade científico-tecnológica”. (BRASIL, 1999, p. 125). Portanto, o ensino de filosofia é necessário e relevante por sua finalidade “de preparar e equipar os alunos para a reflexão e compreensão crítica da realidade em que vivem e para o enfrentamento e a superação dos problemas com que deparam em sua prática social.” (SILVEIRA, 2017, p. 99). 

A leitura de textos filosóficos no ensino da filosofia no nível médio do sistema

R$ 70,00 Preço normal
R$ 59,90Preço promocional
  • Tertuliano Melo de Almeida

Faria Lima Corporate, Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4509, 8º andar, São Paulo/SP, 04545-000.

Seguir

©2020. Editora Dialética. All rights reserved.